Os indiferentes

OS  INDIFERENTES

Antonio Gramsci

Odeio os indiferentes.

Acredito que viver

significa tomar partido.

Indiferença é apatia,

parasitismo, covardia.

Não é vida.

Por isso, abomino os indiferentes.

Desprezo os indiferentes,

também, porque me provocam

tédio as suas lamúrias

de eternos inocentes.

Vivo, sou militante.

Por isso, detesto

quem não toma partido.

Odeio os indiferentes.

-.-.-.-.-.


Anúncios

3 Comentários

Arquivado em arte, filosofices, locos por ti américa, poesia, protestos, texto

3 Respostas para “Os indiferentes

  1. dani

    Odeio a palavra indiferença de qualquer forma. Odeio a indiferença do mundo e eu. Odeio falta de coragem e principalmente, a de se assumir como é. Admiro pessoas q fazem isso. Antes me via como covarde, mas depois pensando…Só uma grande coragem me faz me admitir como sou: sem máscaras.
    Para não ser indiferente é preciso ser corajoso.
    Belissimo texto. E viva a nossa não indiferença para o mundo!

  2. Pingback: Tweets that mention Os indiferentes « Pedalante -- Topsy.com

  3. Big "Licínio" Clash

    Caro Pedalante,
    nosso povo, em sua maioria, é apático diante do caos que o circunda, mas aqueles que têm coragem para destoar o coro dos contentes não desistirão. Por isso, estamos em nossas trincheiras lutando e multiplicando ideias, tentando desperatar este povo da letargia.
    Vamos em frente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s