além da metafísica da dor: saudade

A MINHA MÃE
Quando ela acabou, foi colocada na terra
Flores nascem, borboletas esvoejam por cima…
Ela, leve, não fez pressão sobre a terra
Quanta dor foi preciso para que ficasse tão leve!

Brecht

comentário do neto: e hj lembro dessa dor, que ainda nao acabou

obs. vivo Pacha Mama

p.s se não for da família, nada comente…/todo silêncio será respeitado!

locos por ti américa!

-.-.-.-.-.-.

 

 

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em locos por ti américa, Memória, poesia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s