POA 2502

A “POA 2502” reúne quadrinhos, poemas, ilustrações, depoimentos, contos,
fotos. Ciclistas ou não, os artistas retratam a importância do uso da
bicicleta como meio de transporte e respondem com arte à brutalidade do
acontecimento.

Após a notícia do atropelamento percorrer o Brasil, cinco escritores
indignados dispararam uma convocação por e-mail. Para sua própria
surpresa, receberam, num período curtíssimo, dezenas de mensagens,
muitas de interessados, muitas outras demonstrando apoio ao projeto. Nos
três dias seguintes, vieram os trabalhos, a maioria feita no calor da
hora, no fervor da indignação. São esses os trabalhos que compõem a
revista.

O fotógrafo Leo Caobelli criou sua obra a partir de uma cópia do e-mail que enviou ao agressor, Sr. Ricardo José Neis. André Dahmer, criador d’Os Malvados, contribuiu com tirinhas conhecidas, que apoiam o uso da bicicleta como meio de transporte. A poeta Lilian Aquino compôs um poema carregado de uma sensualidade cáustica, que fala à altura do acontecimento. Cauê Ito enviou uma foto de sua viagem ao Japão, de quando comprou uma bike e se perdeu pelas ruas de Kyoto. A escritora Veronica Stigger trouxe duas fotos de sua intervenção chamada “pré-histórias”.

A revista traz poucas unanimidades, a começar pelo fato de que os seus
autores não são necessariamente ciclistas. Todavia, têm em comum a
solidariedade do luto e do alívio em saber que não foi necessária uma
morte para disparar o ato. O atropelamento em Porto Alegre se destacou
da massa diária de crimes de trânsito por ter vitimado não um indivíduo,
mas um grupo. Contudo, como seria se, ao invés de vinte, um único
ciclista fosse atropelado? A fragilidade do ciclista é a fragilidade do
artista é a fragilidade humana.

Editada somente com softwares livres, a Revista POA 2502
é licenciada com direitos autorais liberados para uso não comercial,
podendo ser copiada e redistribuída na forma em que se encontra.

Lançamento oficial: dia 9 de março, quarta-feira de cinzas,
quando o ano realmente começa. Apesar da revista ser virtual, haverá
abraços reais e bate-papo na Praça do Ciclista, a partir das 19h, São
Paulo. Todos convidados!

 

  • Hashtag: #poa2502
Anúncios

2 Comentários

Arquivado em arte, Bicicletada, bicicletas, filosofices, fotos, leituras, Memória, movimentos sociais, protestos, relatos, revista

2 Respostas para “POA 2502

  1. sergiok

    Discordo que todos os participantes tem em comum a solidariedade.
    O texto de Caco Ishak é ofensivo para quem estava lá.
    Aos outros, parabéns!

  2. rafael

    Entendo vc achar ofensivo, mas vai dizer que vc tb já não teve 17 anos? É o nihilismo de quem não tem muito mais que fazer além de beber cerveja escondido e reclamar que logo mais será obrigado a votar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s