Lauro, cidadão

recado da Juliane Oliveira

 “Caro motorista, se voce tem um amigo, parente e/ou vizinho que pedala por amor, prazer ou pra fugir dessa maluquice de transito, favor prestar mais atenção e evitar que tragédias como essa aconteçam com alguem que voce ama.”

texto do Felipe Aragonez:

“Lauro Neri era baiano de Feira de Santana, tinha 49 anos. Veio para SP em meados de 1995. Tinha um filho na Bahia e uma esposa aqui, em SP. Hoje ele foi morto enquanto ia para o trabalho fazer seus serviços de pedreiro. A roda da bicicleta traseira ficou amassada o quadro não foi atingido. O carro freiou no cruzamento da Avenida Pirajussara, número 1400. O corpo de Lauro ficou cerca de 40 metros à frente. A velocidade máxima da via é de 60km/h, mas ali não tem radar e nem sinalização no solo, pois a via foi recapeada há 2 meses, mas até gora não sinalizaram, o que fere o artigo 88 do CTB [   Art. 88. – “Nenhuma via pavimentada poderá ser entregue após sua construção, ou reaberta ao trânsito após a realização de obras ou de manutenção, enquanto não estiver devidamente sinalizada, vertical e horizontalmente, de forma a garantir as condições adequadas de segurança na circulação” – ]. A Prefeitura de SP prometeu a ciclovia Pirajussara/Eliseu de Almeida, em 2007 com previsão de entrega para 2010. Lauro poderia estar vivo. CET, Prefeitura de SP e Subprefeitura do Butantã são corresponsáveis pela morte do Lauro. A cena mais triste foi ver sua esposa desmaiando ao ver o corpo do seu marido sendo levado. Até quando?”

Da memória, um vídeo que explica melhor a omissão do poder público:

 

..

+ fotos

foto: Felipe Aragonez

Foto: Felipe Aragonez -Carro que atingiu o ciclista.

foto: Felipe Aragonez - E assim ficou a bike do Lauro Neri. Pedreiro, baiano que estava indo trabalhar.

foto: Felipe Aragonez - Logo depois que o corpo do Lauro foi retirado a água lavou o sangue e o tráfego foi liberado. As rodas passavam pelo seu sangue que coagulava lentamente.

.-.-.-.-.–.

4 Comentários

Arquivado em bicicletas, massa crítica, Memória, movimentos sociais, protestos, relatos, texto, vídeos

4 Respostas para “Lauro, cidadão

  1. Jéssica Savazzi

    É hoje a familia inteira está em prantos… Deixou uma mulher que ele amava e se dedicava…Onde tinha festa, tinha Lauro…Animava a todos com sua alegria e seu carinho..Um cara batalhador e forte… Hoje ja nao temos mais a presença dele por uma imprudencia… Sentiremos mta falta…Até quando?? E quantas vidas mais serão tiradas??

  2. Descanse em paz, querido Lauro…

    Que seja o último a morrer assim.

  3. Isa.lauraemilena@gmail.com

    lauro vc deixa aqui laços e frutos de suas vidas todos aqui sentimos sua falta sua alegria mas deus precizava de vc mas de uma forma justa vc era um homem alegri que bricava sua mulher esta morrendo de saudades.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s