Arquivo da tag: massa crítica

20 anos

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Bicicletada, bicicletas, massa crítica, Memória, movimentos sociais, Uncategorized, vídeos

A PELADADA É NOTURNA

ANTES DE TUDO:
A bicicletada não tem dono, pertence a massa crítica, e para fazer parte é muito simples, basta aparecer e somar para o pedal!
“Nus é como nos sentimos pedalando nesta cidade!”
ATENÇÃO! A PEDALADA É NOTURNA!
Sábado – 10 de Março @ Praça do Ciclista (São Paulo, Brasil)
18H é a concentração e 20H é a tão esperada pedalada 🙂
Venha tão nu quanto você ousar, a nudez NÃO é obrigatória! Compareça e participe, o negócio é pedalar! Bora rodar, bicicletada!
Se quiser saber mais, pode clicar no link que retiramos todas as informações:
http://wiki.worldnakedbikeride.org/index.php?title=S%C3%A3o_Paulo

.

.-.-.-.-.-.-

Deixe um comentário

Arquivado em arte, Bicicletada, bicicletas, critical mass, massa crítica, movimentos sociais, pedalada pelada, protestos, wnbr sp

Massa Crítica Nacional

Deixe um comentário

Arquivado em arte, Bicicletada, bicicletas, massa crítica, protestos

Sacicletada

 Em São Paulo, terra de modernistas e antropofágicos, a Sacicletada de Outubro irá resgatar mitos e lendas brasileiras no Raloim do Saci.

A Sacicletada acontecerá em São Paulo dia 28/10/11 como sempre a última sexta-feira do mês.

Nos reunimos na Praça do Ciclista ( esquina da avenida Paulista com a Consolação ).O encontro começa a partir das 18 horas e saímos em massa crítica por volta das 20 horas, ocupando as ruas para festejar a bicicleta como meio de transporte. A Massa Crítica Paulistana convida as pessoas a ocuparem o espaço público de maneira inteligente.

Sempre com muita alegria, pessoas em seus veículos não-motorizados irão comemorar de uma maneira nada tradicional a “Mobilidade” de todos os cidadãos da cidade: “Você aí parado, comemorar conosco, é o melhor lado!”

Aqui todo mundo é bem vindo, não importa o valor do seu carro ou a grife da sua cueca, venha como puder…..Critical Mass acontece sempre na última sexta feira do mês há mais de 6 anos, e em mais de 400 cidades do mundo, simultaneamente. Para participar, a única obrigatoriedade é comparecer no ponto de encontro com um meio de transporte não motorizado. Pode ser Bicicleta, Patins, Skate ou até mesmo com seus próprios pés. Não tem bicicleta ou não sabe pedalar?… sem problemas. Apareça o quanto antes na praça do ciclista

LOCAL: O mesmo de sempre, Praça do Ciclista, que fica no canteiro central da Avenida Paulista, entre as ruas da Consolação e Bela Cintra.

HORÁRIO: O mesmo de sempre, concentração a partir das 18:00 e saída às 20:00.

TRAJETO: como sempre, decidido na hora, mas sempre um trajeto que seja possível para toda a massa.

……..

Um pouco de reflexão ( adaptado do original de Mouzar Benedito)

E por que o Saci?

– Ele é a síntese da formação do povo brasileiro:

É o mito brasileiro mais popular, o único conhecido no Brasil inteiro (Boitatá, Curupira e mesmo a Iara requerem explicações quando a gente fala deles, em alguns lugares. O Saci não).

É o típico brasileiro: mesmo pelado e deficiente físico, é brincalhão e gozador.”

E tem mais:

– no início era um indiozinho protetor da floresta. Tinha duas pernas.

– depois foi adotado pelos negros e virou negro. A perda de uma perna tem várias histórias. Uma delas é que ele foi escravizado, ficou preso pela perna, com grilhões, e cortou a perna presa. Preferiu ser um perneta livre do que escravo com duas pernas. É um libertário, então.

Deixe um comentário

Arquivado em bicicletas, charge, critical mass, massa crítica, protestos, texto

Sábado agitado

2 eventos…

Sábado rola Oficina Colaborativa e Jantar Vegano do  CicloVeg, muitas bikes e delicoso Yakissoba. Traga peças e acessorios, novos ou usados, em bom estado, para fazermos um baú de dádivas.

Não esqueça de levar 10 merrecas para contribuir com o jantar.

Aparece lá, no Lagartixa Preta as 15h da tarde.  Rua Alcides Queiros – 161 Sto. André. Perto da estação Celso Daniel da CPTM.

Em novembro, a Ciclocidade – Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo comemora seu primeiro aniversário. A festa acontece no próximo sábado (27/11), das 12h às 22h, com oficina comunitária de bicicletas, palestras, vídeos, informação, música e confraternização.

 

Ao longo do dia, exposição “Ano 1”, bar, comidinhas, loja e uma feira de troca de peças e acessórios de bicicleta (traga, troque, doe ou negocie).

 

Às 12h, a oficina comunitária Mão na Roda abre suas portas para regulagens e ajustes. Leve a sua magrela, troque conhecimentos, utilize as ferramentas e faça você mesmo a manutenção do seu veículo.

 

A partir das 13h, reciclagem de camisetas com estamparia ao vivo na segunda edição do projeto ArteMobilidade. Transforme aquela camiseta sem graça em uma linda peça a favor da mobilidade humana (doe 3 camisetas em bom estado e ganhe um silk de graça).

 

Durante a tarde, duas oficinas temáticas: às 14h, Felippe César fala sobre a “Mecânica básica de bicicletas”: regulagens e ajustes elementares para a autonomia do ciclista urbano.

 

Às 17h é a vez de Cleber Ricci Anderson e a oficina “Ciclo-ajuste postural (bike fit)”, uma coletânea de técnicas e conhecimentos em regulagens e tamanhos que permitem a boa interação entre ciclista e bicicleta.

 

Às 19h, o Ciclocine exibe o média-metragem “We Are Traffic” (Ted White, EUA, 1999), uma crônica sobre as origens do “Critical Mass” em São Francisco, movimento que transformou a cidade californiana em favor das bicicletas e inspirou ativistas do mundo inteiro (exibição com legendas em português). Na sequência, o documentário “Massa Crítica” (Helena Krausz, Brasil, 2010) fala da realidade paulistana quase 20 anos depois.

 

Para encerrar a programação, música, vídeos e diversão no subsolo do Espaço Contraponto.

Participe desta festa. Venha conhecer e fazer parte da Ciclocidade.

sábado (27/11), das 12h às 22h

Espaço Contraponto: r. Medeiros de Albuquerque, 55 (Vila Madalena)

_ entrada gratuita / contribuição sugerida: R$ 5,00

_ traga sua caneca, copo ou caramanhola (não utilizaremos copos plásticos)

-.-.-.-.-.

1 comentário

Arquivado em bicicletas, festa, massa crítica, movimentos sociais

Mais amor e menos motor

obrigado Kel e Diego

Eu e o Diego filmamos na bicicletada SP.  Estava animada e revoltada.(…) Conhecemos muita gente simpática e falamos sobre o vegan e o cicloVeg. (…)

-.-.-.-.-.

1 comentário

Arquivado em Bicicletada, bicicletas, massa crítica, Memória, movimentos sociais, protestos

Resende tem Bicicletada

Para nossa memória e história do ativismo pró-mobilidade brasileiro:

…..

……..

……

……..

…..

 

para saber + Bicicletada Resende – clique aqui

-.-.-.-.-.-

1 comentário

Arquivado em arte, Bicicletada, bicicletas, critical mass, fotos, massa crítica, Memória, movimentos sociais