Arquivo da tag: veganos

CicloVida na Casa Mafalda

“Exibição do Documentário “CICLOVIDA” + Prosa + Ranga (traga alimentos vegans para uma lanche coletiva)

Sinopse: Ciclovida é um documentário narrativo que segue um grupo de campesinos sem terra numa viagem atravessando o continente da América do Sul de bicicleta, na campanha de resgate das sementes naturais. Os viajantes documentam a dominação dos agrocombustíveis no campo e o deslocamento de milhões de pequenos agricultores e comunidades indígenas. Cultivos e matas nativas estão sendo substituídos por desertos verdes de monoculturas transgênicas onde nada mais, planta ou animal, pode sobreviver aos agrotóxicos.

*data: 18/09

*Começa às 15h30 (chegue na hora) * Entrada franca
*Onde: CASA MAFALDA: Rua Clélia, 1745, Lapa (a três quadras do terminal Lapa de ônibus e da estação Lapa da linha 8 da CPTM ou de bicicleta você também chega aqui!).

+ sobre o ciclovida e o trailler do doc – clique aqui

 

 

 

 

Anúncios

1 comentário

Arquivado em arte, bicicletas, Memória, movimentos sociais, vídeos

Em Campo Grande

.-.-.-.-.-.-.

Deixe um comentário

Arquivado em bicicletas, fotos, Memória, movimentos sociais, protestos

5 dias na estrada

Antes da partida, a prosa com o Biker Reporter Felipe Aragonez, sobre o projeto CicloVeg:

Dia 1

No dia 26 de Dezembro de 2010, as 06h20 da manhã, teve início o pedal do Cicloveg, saindo da ponte do Piqueri em São Paulo-SP rumo ao encuentro de liberacion animal, na Bolívia.

Nove pessoas participaram do primeiro dia de pedalada acompanhados por mais um colega ciclista, Rafael Rodo, que seguiu de fixa com o grupo por aproximadamente 40km antes de retornar a São Paulo levando consigo o bom tempo.

As 11h20, após pedalar por 55km, o grupo parou para almoçar, onde cozinharam em um posto de gasolina a beira da estrada, arroz com lentilha e tomate seco.

Descansaram um pouco e as 14h40 seguiram pedalando por mais 50km até Boituva onde dormiram no sítio do amigo de um dos participantes.

Durante o dia, um dos participantes começou a sentir dores no joelho e é uma dúvida se seguirá pedalando. Aproximadamente 60% do percurso do dia foi feito sob chuva e o fato marcante é que em toda parada há sempre um cachorro a espera e interagindo com o grupo.

Janta: petiscos diversos, castanhas, soja etc.

Estatísticas:

10 pessoas

5 camaras furadas

11h de pedal

2 tombos leves

1 joelho machucado ferimentos.

dP: 110km +-5%

dT: 110km +-5%

Dia 2

Acordamos as 5h da manhã porem entre organização de material, manutenção de bicicletas,  café da manhã e acompanhar o Fabio até a rodoviária de Boituva,  só voltamos a estrada as 11h da manhã.

Pedalamos até as proximidades de Cesario Lange, no km 143, quando paramos para almoçar um delicioso e mega ultra picante “Britney de maça” (tentativa de chutney do Gledson) acompanhando o tradicional Arroz com Lentilha. Paçocas na sobremesa.

Ao contrario do dia anterior, o Sol veio com tudo, acabando com nossa sombra e água fresca. Retornamos à estrada aproximadamente 17h e seguimos até Torre de Pedra.

Enquanto decidíamos se dormiríamos ou num posto de gasolina ou na praça, fomos abordados por um morador que conversou com um vereador que estava próximo e este conversou com o seu tio que prontamente nos recebeu cedendo o quintal para passarmos a noite e ainda nos fez um delicioso café.

dP: 71km +-5%

dT: 181km +-5%

dia 3

Saímos de Torre de Pedra as 7:30 e seguimos por uma estradinha de terra que além de muito bonita e tranquila, nos deixou 5km a frente do trevo onde entramos no dia anterior.

Paramos para almoçar no último posto antes do início da serra de Botucatu onde cozinhamos macarrão com molho de tomate e ervilha, além de nos divertimos aprendendo a Língua Brasileira de Sinais e aulas de flauta. O local era quase um oásis, pois ficamos num gramado sob as árvores, num estilo cycle hippie.

Toni e Thiago sairam 1h antes, pois queriam pegar logo a chave da república onde passaríamos a noite, enquanto o restante do grupo iniciou o pedal aproximadamente as 17:30.

A subida da Serra, sem dúvida, foi um martírio para todos. Parecia interminável, sendo necessária uma pausa no serviço de atedimento ao usuário, para que todos descansassem um pouco.

Chegamos na república as 22h. Devido ao cansaço coletivo e restrição de alimentos, compramos uma batata-frita, polenta, e aipim fritos, além de cozinharmos arroz integral. Como o Thiago e a Isa iriam para Rio Claro, fez-se uma despedida com direito a uma garrafa de vinho dividida para todo o grupo.

dP: 74km +-5%

dT: 255 +-5%

dia 4

Como o grupo encontrava-se cansado, todos acordaram tarde e após algumas divagações sobre o horário de partida, optamos por tirar o dia de descanso aproveitando tudo o que a república tinha a nos oferecer, e assim lavamos as roupas, cozinhamos e descansamos um pouco mais.

O cardápio do dia foi um Gaspaccio, arroz integral com azeitonas, castanha-do-pará, quinoa e sementes de girassol, e de sobremesa banana com xerém, coco ralado e melado à base de milho. Para o lanche, tivemos um pão caseiro com tomate seco, azeitona e castanha-do-pará.

No final do dia, passeando pela cidade, comemos um açai e encomendamos para a janta umas pizzas veganas, num local que se prontificou a fazer a massa sem ovos. Durante este passeio, conhecemos o Fernando, que tocava violão na praça e durante a conversa, descobrimos que ele também é ciclista e vegetariano. Iria se unir ao grupo para nos acompanhar no dia seguinte até Bauru.

dia 5

Com o grupo descansado do dia anterior, partimos as 6:30. O Fernando, que haviamos conhecido no dia anterior, nos esperava em frente a república. A manhã estava fria e o sol ainda fraco permitiu um ritmo um pouco mais forte que o dos dias anteriores.

Na SP300, após uns 15km, um menino apareceu ao nosso lado perguntando para onde estávamos indo, ele disse que também iria para lá. Chamava-se Matheus e tinha apenas 16 anos. A nova geração do cicloturismo.

cont…

-.-.-.-.-.-

4 Comentários

Arquivado em bicicletas, Cicloturismo, Memória, movimentos sociais, Receitas

Mais amor e menos motor

obrigado Kel e Diego

Eu e o Diego filmamos na bicicletada SP.  Estava animada e revoltada.(…) Conhecemos muita gente simpática e falamos sobre o vegan e o cicloVeg. (…)

-.-.-.-.-.

1 comentário

Arquivado em Bicicletada, bicicletas, massa crítica, Memória, movimentos sociais, protestos

10 anos Indymedia – 9 anos CMI Brasil

06/dez – 14h | Festa 10 Anos Indymedia – 9 anos CMI Brasil [SP]

 

* 06/Dez – Festa 10 Anos Indymedia – 9 anos CMI Brasil *

Programação:

# 14 as 16h – Mostra de vídeo – Seleção de Curtas do CMI e Indymedia

# 16 as 17h – Faça seu depoimento em vídeo para o acervo do CMI.

# 17 as 18h – Apresentação da nova proposta de site para o CMI
* Venha construir conosco essa proposta *

# 18 até 22h – Jantar Mexicano Vegano dançante!!! Com Mojitos

# durante o dia todo – EXPOSIÇÃO VISUAL

– CMIs na Rua
– Fotos CMI e colaboradores
– Adesivos, impressos, camisetas, bottons e outras coisas de CMIs de outros países e nacionais

# streaming de outros coletivos/voluntários de fora de São Paulo.

* — * — * — * — * — *

Jantar será servido a R$ 10,00 com renda revertida para o CMI.
A venda da bebida será revertida para o espaço Ay-Carmela, Mojitos a R$5,00 (caprichado) e cerveja a R$ 2,00.
Haverá venda de camisetas, bottons e DVDs do CMI.

————————————————
O espaço Ay Carmela! fica na:

Rua dos Carmelitas, 140 – Metro Sé (saída Poupa Tempo) – São Paulo – SP – Brasil | telefone: 55 11 3104 4330
————————————————
Mais infos também em:

ay-carmela

-.-.-.-.-.-.-

Deixe um comentário

Arquivado em arte, bicicletas, Memória, movimentos sociais, protestos

Faça você mesmo no AY

Programação:
#
*** 10h as 12h – Oficina de Culinária Vegana ***
*** 13h as 14h – Pequenos Reparos Domésticos ***
*** 13h as 14h – Oficina de Origami ***
*** 14h as 16h – Oficina de reciclagem de Imãs ***
*** 14h as 16h – Computação Gráfica ***
*** 14h as 16h – Gráfica Revolucionária ***
*** 16h as 17h – Oficina de Stencil ***
*** (a confirmar) – Oficina de manutenção de Bike ***
*** 18h as 19h – Oficina de Edição, Compressão e Publicação de Áudio ***
*** 19:30 as 20h – Oficina de desodorante caseiro ***
*** 19h as 20:30h – Oficina de Lambada Libertária ***
*** dia todo – Fotografia Digital ***
*** (a confirmar) – Oficina de Rádio Livre ***
#
PROGRAMAÇÃO COMPLETA COM A DESCRIÇÃO DAS OFICINAS:
#
*** 10h as 12h – Oficina de Culinária Vegana – piso térreo – Duração 2h ***
Aprenda a cozinhar de forma barata, saudável, sem crueldade e com menor impacto para o planeta quitutes e pratos do cardápio do ay carmela.
Estão programados os seguintes pratos:
Muqueca de Soja e Moqueca de Banana da Terra
Esfihas fechadas
Chutney de manga
Pedimos a contribuição voluntária de R$ 5,00 para cobrir os custos do material da oficina
#
*** 13h as 14h – Pequenos Reparos Domésticos – Piso térreo – duração 1:30h ***
OBJETIVO: levar os participantes a perceber a simplicidade de se fazer pequenos reparos domésticos, ou desfazer a imagem de que se tratam de operações muito complicadas.
DINÂMICA: Serão apresentados aos participantes conceitos básicos de eletricidade e hidráulica, as principais ferramentas e materiais utilizados em pequenos reparos desses tipos, com experimentações de ligações elétricas (chuveiro, tomadas, interruptores e lâmpadas) e conexões hidráulicas (roscas, conexões, reparos etc), aprendendo como utilizar adequadamente as ferramentas e materiais.
RECURSOS: 6 chaves de fenda (2 grandes, 2 médias e 2 pequenas) 4 chaves Philips (2 médias e 2 pequenas), 2 alicates médios, 2 alicates de corte, 2 alicates de bico, 2 chaves inglesas ou grifos, 1 rolo de fita isolante, 1 rolo de fita vedante, cola quente, durepoxi, 1 mesa grande, dois chuveiros, duas torneiras, dois soquetes, dois interruptores, duas tomadas, 10 m de fios 2mm, 2 pedaços de cano de Ø ¾” e 0,5 m.
Observação: dirigido a maiores de 14 anos.
#
*** 13h as 14h – Oficina de Origami – primeiro piso – duração 1h ***
Venha aprender a fazer lindos origamis. (dobraduras de papel)
Material: papel dobradura colorido
Oficina para todas as idades
#
*** 14h as 16h – Oficina de reciclagem de Imãs – piso térreo – duração 2h ***
Aproveitando imãs desviados do lixo e se utilizando também de aparas de E.V.A. e objetos da natureza (galhos, sementes, folhas etc). Montaremos com cola quente ou branca peças ornamentais e/ou úteis, tais como com pregador para blocos de papéis e recados.
Materiais necessários (trazer se tiver em casa) : imãs, colas, objetos diversos, EVA, pregador, canetas, estilete e tesoura. Oficina para adultos e crianças
#
*** 14h as 16h – Computação Gráfica – primeiro andar – duração 2h ***
OBJETIVO: Apresentar as ferramentas livres de computação gráfica
DINÂMICA: Aos interessados em produzir peças de comunicação digitalmente, serão apresentados os mais conhecidos e utilizados programas livres de ilustração vetorial (Inkscape) de manipulação de imagens em bitmap (GIMP) e de paginação (Scribus) e como eles serelacionam entre si e com outros programas, e processos de saída.
RECURSOS: Os computadores do Ay (3 máquinas); se possível um scanner e impressora.
Observações: No máximo dois participantes por máquina.
#
*** 14h as 16h – Gráfica Revolucionária – primeiro andar – duração 2h ***
Aprenda a fazer cartazes e panfletos utlizando de técnicas de recorte, desenho e montagem para fazer seu material revolucionário.
Material: Papel, revistas, tesoura, estilete.
#
*** 16h as 17h – Oficina de Stencil – primeiro andar – duração 1h ***
Fazendo máscaras em raio-x solte sua criatividade e imaginação fazendo desenho e frases. Tudo é possível.
Material: Raio-x, estiletes, bisturis, tesouras, sprays, tinta de tecido, rolinhos, buchas, camisetas velhas, tecidos velhos e qualquer outra plataforma que quiser pintar e colorir.
#
*** 17h as 19h – Oficina de manutenção de Bike – piso térreo – Duração 2h ***
As meninas da Pedalinas estarão dando orientação sobre mecänica básica para sua bicicleta.
Material: sua própria bicicleta, chaves para bicicletas.
#
*** 18h as 19h – Oficina de Edição, Compressão e Publicação de Áudio duração 1h ***
Com abordagem mais teórica a prática, a oficina visa propiciar aos
participantes base para explorarem o software multiplataforma de
edição de áudio Audacity, tratando de conceitos como captação, edição
não-linear, efeitos, compressão e publicação.
Número de participantes limitado confirmar participação mandando e-mail para (foz em riseup.net)
#
*** 19:30 as 20h – Oficina de desodorante caseiro – primeiro andar – duração: 30 min ***
Com ingredientes baratos e poucos minutos aprenda a fazer um desodorante que não tem cheiro e nem causa alergias.
Material: Alcool de cereais, bicarbonato, água e uma embalagem para colocar eu desodorante
#
*** 19h as 20:30h – Oficina de Lambada Libertária – piso térreo – duração 1:30h ***
Depois de um dia cheio de oficinas venha balançar seu corpo pegue seu/s ou sua/s parceiras ou parceiros e venha se divertir.
#
*** Fotografia Digital – primeiro andar ***
OBJETIVO: levar os usuários de câmeras fotográficas digitais a obter uma experiência mais satisfatória e gratificante no uso de seus equipamentos, compreendendo o processo da geração da imagem, noções de composição, contraste, cor, linguagem e estilo.
DINÄMICA: as oficinas terão uma hora de duração, iniciando com uma exposição teórica sobre imagem digital e composição; depois os participantes produzirão fotografias de temas diversos, com apoio e orientação do oficineiro; os últimos 10 minutos serão dedicados à leitura/exposição do material produzido, com debate e orientações finais, conforme demanda.
RECURSOS: Lousa e giz; cada participante deverá trazer seu próprio equipamento, que pode ser de qualquer tipo (Celular, câmera dedicada, câmera de vídeo com recursos de frame-a-frame etc)
Observação: é altamente recomendável que o participante traga o manual do seu equipamento.
HORÁRIO: Durante todo o dia; haverá uma lista de inscrição permanente e a cada vez que a lista alcançar 15 inscritos, ou no intervalo máximo de uma hora e meia (o que acontecer primeiro) uma oficina terá início.
#
*** Haverá banca de grupos e indivíduos ***
—–* —–* —–* —–* —–* —–* —–* —–* —–*
* a partir das 18h o cyber café estará aberto ao uso com monitoria para aqueles que ainda não tem prática com internet. O uso dos computadores será autogerido.
#
Haverá venda de cerveja, sucos e comidinhas para manutenção do espaço.
#
Almoço vegano Muqueca de Soja e Muqueca de Banana da Terra será servido a partir das 13h a R$ 10,00.
#

-.-.-.-.-.-.

1 comentário

Arquivado em arte, bicicletas, movimentos sociais

Hoje é dia

Sexta-feira, dia 10, é o dia Mundial da Pizza
Foto: Lar Vegetariano

Foto: Lar Vegetariano

………………

Foto: Solda

Foto: Solda

-.-.-.-.-.

2 Comentários

Arquivado em Memória