Arquivo da tag: Argentina

Pedala Mafalda

criticalmass

 

mafaldaembici

 

-.-.-.-.

Deixe um comentário

Arquivado em arte, bicicletas, fotos, Memória, mulheres

Argentinos contra o genocídio palestino

No final da manhã da última segunda-feira (19) em Buenos Aires ocorreu coletiva de imprensa em frente a Embaixada de Israel. Convocada pela Federação das Entidades Argentino Palestinas, tinha como objetivo denunciar o massacre promovido pelo Estado de Israel em Gaza e para cobrar da imprensa uma cobertura isenta do genocídio palestino em curso.


A coletiva serviu para também divulgar a marcha convocada para amanhã, 21 de novembro, às 16h. A concentração está marcada para a esquina da Avenida de Mayo com 9 de Julio e terminará em frente a Embaixada de Israel.

O que era para ser só uma coletiva de imprensa acabou se transformando num mini-ato com a presença de ativistas da causa palestina, políticos e religiosos, e cumpriu seu papel de denúncia que pedia “Fuera Israel de Palestina”.

 

Tilda Rabi presidenta da Federação das Entidades Argentino Palestinas

 

Deputada nacional Cecilia (checha) Merchan

-.-.-.-.-.-.-.-

Deixe um comentário

Arquivado em fotos, movimentos sociais, mulheres, protestos

Buenos Aires

Leia o relato do compaX Terrorista Latino:

A cidade é linda e perfeita para andar em bicicleta. É plana, tem vários lugares com bicicletário e ciclofaixas em várias avenidas importantes.

Dicas?

Foto: Pedro L. RAOTA

Vamos lá… Eu conheci a cidade toda a pé e de metrô, já que a passagem é muito barata ($1,10 que dá pouco mais de R$0,60 eu acho), mas de bicicleta a coisa fica ainda mais fácil. Bicicletas por todos os lados e amarradas em todos os postes!

O museu do Malba é imperdível, o centro cultural da Recoleta tem coisas legais às vezes, o bairro de San Telmo é muito charmoso e de Domingo é um passeio imperdível. Ali perto está a famosa Boca com suas casinhas características (eu ainda acho “cenográfico” demais, mas mesmo assim vale a visita). Puerto Madero é um bairro moderno com ruas largas, praças e parques junto ao Rio de la Plata, e ali perto está o Parque ecológico que dá uma outra vista de Buenos Aires ao lado do Rio de la Plata.

Seguindo a avenida pelo porto, e passando pelo aeroparque, você terá uma bela visão desse imenso rio de cor marrom. A outra margem é tão distante que parece o mar. Aliás, a cor das águas é marrom por ser uma mistura de água doce e salgada pois ali é onde o rio se encontra com o mar.

Tenho um amigo vegan em Bs As que me levou um dia para comer em um restaurante vegan de um chinês na região do Congresso. Ele me disse também que em Belgrano existe uma região como a Liberdade, e que lá tem uma variedade de restaurantes que servem comidas chinesas e vegetarianas. Vou conversar com ele para me passar os endereços.

(…)

foto: RAOTA

Ali na região da Avenida Santa Fé, está a Livraria El Ateneo Grand Esplendor, que é algo como nossa livraria Cultura mas construído em um teatro antigo. O palco é o Café, muito bonito! Ali perto também está a galeria Bond Street que se assemelha a nossa galeria do Rock ou com a Ouro Fino.

Palermo é como a Vila Madalena. Tem lojas elegantes e bares para passar a noite, a maioria das coisas lá são caras mas vale a pena conhecer o bairro que é dividido em dois, Palermo Soho e Holywood (a parte mais chique e a mais “cult”).

Em Palermo está o Jardim Botânico, o Jardim Japonês, e El Rosedal que são lindos!

Perto de Buenos Aires existe uma região chamada Delta del Tigre, com muitos lagos e parques. Para chegar a essa região que fica no Delta do Rio Tigre você pode ir de trem saindo da Estação Retiro. É pertinho, demora uns 30 minutos e o caminho é bonito. Me disseram que ir de bike é uma boa opção, mas não sei bem como chegar lá.

Se quiser ir um pouco mais longe pode tomar o Buquebuss ali em Puerto Madero e cruzar o rio de la Plata para chegar no Uruguay. A 3 horas está Colonia del Sacramento que é uma cidadezinha que preserva suas características coloniais. Um pouco mais longe dali está Montevideo, se estiver no pique de conhecer tudo!

Bom, eu costumo andar demais por lá até a noite.

A. C.

………………………………………………….

Deixe um comentário

Arquivado em bicicletas, fotos, movimentos sociais, relatos

Mafalda e Neruda

…..

por ti América!

.-.-.-.-.-.-.-.

Deixe um comentário

Arquivado em arte, bicicletas, charge, filosofices, leituras, locos por ti américa, Memória, poesia

História: Patriotas Latinos

Assista a bela menina que pedala, nos possibilitar uma aula de história….

…….

BELLA

BELLA,
como en la piedra fresca
del manantial, el agua
abre un ancho relámpago de espuma,
así es la sonrisa en tu rostro,
bella.

Bella,
de finas manos y delgados pies
como un caballito de plata,
andando, flor del mundo,
así te veo,
bella.

Bella,
con un nido de cobre enmarañado
en tu cabeza, un nido
color de miel sombría
donde mi corazón arde y reposa,
bella.

Bella,
no te caben los ojos en la cara,
no te caben los ojos en la tierra.
Hay países, hay ríos
en tus ojos,
mi patria está en tus ojos,
yo camino por ellos,
ellos dan luz al mundo
por donde yo camino,
bella.

Bella,
tus senos son como dos panes hechos
de tierra cereal y luna de oro,
bella.

Bella,
tu cintura
la hizo mi brazo como un río cuando
pasó mil años por tu dulce cuerpo,
bella.

Bella,
no hay nada como tus caderas,
tal vez la tierra tiene
en algún sitio oculto
la curva y el aroma de tu cuerpo,
tal vez en algún sitio,
bella.

Bella, mi bella,
tu voz, tu piel, tus uñas
bella, mi bella,
tu ser, tu luz, tu sombra,
bella,
todo eso es mío, bella,
todo eso es mío, mía,
cuando andas o reposas,
cuando cantas o duermes,
cuando sufres o sueñas,
siempre,
cuando estás cerca o lejos,
siempre,
eres mía, mi bella,
siempre.

Pablo Neruda

-.-.-.-.

3 Comentários

Arquivado em arte, bicicletas, filosofices, leituras, Memória, movimentos sociais, poesia, vídeos

Latinoamérica

Me llamo Ernesto, soy argentino,

pero cubano de corazón.

Me dicen Che, soy rosarino,

latinoamericano sin razón.

Y tú, muchacha, ¿cómo te llamas?

¿María, Ana, Encarnación?

Y tú, muchacho, de dónde eres?

¿de lima, Río o Asunción?

Mi nombre es Pablo y soy de Chile.

Escribo versos y una canción

desesperada a mi amada,

latinoamericana sin rázon.

Y tú, muchacho,  ¿cómo te llamas?

¿Pedro, Marcos o Salvador?

Y tú, muchacha,  ¿de dónde eres?

¿De Perú, Cuba o Ecuador?

Pablo Neruda

locos por ti América

.-.-.-.-.-.-.-.-.

6 Comentários

Arquivado em arte, charge, Memória, poesia

Long Road North

– Vamos pedalar até Ubatuba, em dois dias?

– Nem pensar!!

Então, assista o vídeo abaixo:

sobre o documentário, clique aqui

Que tal ir até Ubatuba Pedalando

-.-.-.-.–.-.-


Deixe um comentário

Arquivado em bicicletas, vídeos